Extra Brut Tradicional dos altos de Pinto Bandeira

De um respeitado enólogo estrangeiro que faz espumantes em vários países, inclusive na região francesa da Champagne, ouvi que o terroir de Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, é um dos melhores do mundo para a elaboração de vinhos borbulhantes – principalmente porque ali as uvas amadurecem completamente sem perder boa parte da acidez que aporta vivacidade e tensão aos melhores rótulos. Não tenho porque duvidar: de Pinto Bandeira têm saído alguns dos melhores espumantes brasileiros que provei nos últimos anos – muitos deles premiados no Brasil e no Exterior.

Segunda região vinícola brasileira demarcada – com uma Indicação de Procedência (IP) -, Pinto Bandeira já foi distrito de Bento Gonçalves, emancipou-se, voltou a ser distrito, e hoje é novamente município. Um dos pontos mais elevados da Serra, acima dos 700 metros de altitude, Pinto Bandeira tem invernos muito frios, encostas ensolaradas, manhãs nevoentas e ótima amplitude térmica (diferença entre as temperaturas do dia e da noite) no verão – características que acentuam sua vocação para a produção de espumantes.

Não por acaso foi o local escolhido pela  Vinícola Aurora para cultivar as uvas Chardonnay, Pinot Noir e Riesling com as quais produz o seu  espumante de alta gama Aurora Pinto Bandeira Tradicional Extra Brut. Elaborado pelo Método Champenoise, com 24 meses de garrafa, este rótulo – lançado na metade de 2016 – já pode ser considerado o melhor espumante da Aurora e um dos melhores do país.

Denso, dourado, com bolhas finas e aromas de nozes, amêndoas tostadas e padaria, típicos de uma boa evolução em contato com as leveduras, confirma na boca o que sugere no primeiro ataque olfativo: é estruturado, cremoso, fresco e enriquecido por notas cítricas que nos fazem salivar na expectativa do próximo gole. Pode acompanhar uma refeição do início ao fim – mas seguramente é preferível bebê-lo “solo”, para fruir melhor suas virtudes. Custa R$ 96,90 no site da vinícola (www.vinicolaaurora.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *