Hotel vintage no coração dos vinhedos gaúchos

casacurta1

A Serra Gaúcha dispõe atualmente de uma moderna rede hoteleira, que recebe milhares de turistas nacionais e estrangeiros por ano. São hotéis modernos, amplos, confortáveis, construídos quase todos nas últimas duas décadas, em torno do turismo enogastronômico. Mas, à margem deste “boom hoteleiro”, tradicionais hotéis familiares de pequeno porte se reinventam para atrair um público interessado em uma experiência de hospedagem diferente.

 
Hotéis de charme, vintage, são boas opções de hospedagem no interior da Europa. Com conforto de hotéis modernos, ainda conservam um pouco do clima familiar, aconchegante, das pequenas hospedarias do passado. Na Serra Gaúcha, um estabelecimento com este perfil é o Hotel Casacurta, em Garibaldi.
Inaugurado em 1953, esse pequeno hotel vintage esbanja charme e aconchego.

 

O prédio antigo, restaurado e bem cuidado, lembra cenários de filmes da década de 1950. Do hall ao salão do café, o branco e os tons pastéis das cortinas e paredes dão ao hóspede nostálgico a impressão de ter voltado a um tempo mais tranquilo. Cinéfilos podem até imaginar que Ingrid Bergman, Grace Kelly ou Sophia Loren entrarão a qualquer momento pela porta do salão principal…

 

Os quartos não são grandes, mas conservam parte do mobiliário de época e estão equipados com confortos atuais, como TV a cabo, wi-fi, calefação e som ambiental. O hotel também tem piscina, salão de jogos, sala de ginástica, e um excelente restaurante. A hostaria do Hotel Casacurta combina tradição e contemporaneidade. Seguidor do movimento Slow Food, que privilegia alimentos frescos produzidos nas redondezas, o restaurante equilibra a sofisticação da culinária francesa com a tradição da cozinha italiana. Conta ainda com uma adega de mais de cem rótulos, com foco na produção vinícola local, e com os serviços de um sommelier.

 

A família Casacurta tem mais de um século de tradição hoteleira. Na década de 1870, entre as famílias que fundaram a Vila Conde D’Eu (atual Garibaldi), estava a do empreendedor Sebastiano Casacurta. Ao se instalar na localidade, o imigrante construiu uma pequena hospedagem. Foi o primeiro hotel da região colonial italiana, e funcionou até 1947. Desde então, a família Casacurta se orgulha de honrar o lema “Tradição e Hospitalidade”.

casacurta2 casacurta3 casacurta4

Fotos: Isadora Guarnier e Irineu Guarnier

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *